Hard ClubHard Club

THE BLACK ANGELS, NO AGE, NERVE, PAPILLON E MUITO MAIS NA RENTRÉE DO HARD CLUB

03-09-2018

Depois de uma noite Low Cost, no Loss em edição especial de aniversário e do Strada Fest, a programação de setembro no Hard Club prossegue com The Black Angels. A banda de rock psicadélico norte-americana sobe ao palco da sala 1 no dia 4 para apresentar o mais recente trabalho de originais, “Death Song”.

No sábado, dia 8, são celebrados os treze anos de movimento, We Are Still Here com convidados internacionais num set extenso que promete deixar boas memórias. Na mesma noite, a dupla brasileira Fernanda Martins e Lucas Freire traz o Extreme Power by Heart-Beat de volta depois do sucesso da primeira edição.

Nomes incontornáveis na cena noise-punk internacional, os No Age atuam no Hard Club no dia 12. A data serve para apresentar "Snares Like a Haircutque", disco que inaugura a colaboração do colectivo com a editora Drag City, casa mãe para nomes como Circuit des Yeux, Ty Segall ou Joanna Newson.

A 15 de setembro, embarcamos numa viagem cheia de ritmo em mais uma noite Low Cost, No Loss.

No dia 20, recebemos Dominus Mortalis na Humor is Overrated tour. No dia seguinte, o palco é ocupado pelos irlandeses Primordial que trazem, na bagagem, o novo álbum “Exile Amongst the Ruins”.

Lobo solitário, poeta maldito, autor de diversos projectos, Tiago "Nerve" Gonçalves apresenta o seu novo EP "Auto-Sabotagem" pela primeira vez no Porto, no dia 22 de setembro, na sala 2 do Hard Club. Na mesma noite, a 2ndMoment celebra o sexto ano de existência com um cartaz de luxo e convidados de elite.

Passado pouco mais de um ano da estreia em Portugal, os Batushka regressam para encerrar o ciclo de concertos dedicados ao trabalho "Litourgiya": no dia 25, o Hard Club vai testemunhar um ritual envolto num misterioso manto de fumo, que entrelaça as personagens ocultas, que são os membros desta banda, ocultos pelas suas vestes.

Os canadianos VOIVOD, uma das bandas mais lendárias e influentes ainda em atividade, vão comemorar os seus 35 anos de existência numa digressão que passa pelo Hard Club a 26 de setembro.

A 29, Papillon voa até ao Porto, pela primeira vez a solo, para fazer do Hard Club o seu casulo e, assim, apresentar “Deepak Looper”. Na mesma noite, na sala ao lado, a Mr. November dá a descobrir um dos "best kept secrets" do panorama indie actual. Donos de uma muralha de som entre o Shoegaze e a Dream Pop, os Soft Science trazem ao Hard Club "Maps".

Como tem vindo a ser habitual, às quintas-feiras o Jazz toma conta do Hard Club. Em parceria com a ESMAE - Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, o Jazz no Club recebe, pelas 21:30, no lounge do Restaurante No Mercado, serões de Jazz com entrada gratuita. Todas as semanas, um grupo diferente de alunos do Curso de Jazz da instituição apresenta espetáculos, dotados de um reportório jazz que vai desde o clássico a adaptações modernas, capazes de surpreender pelo talento. É a banda sonora ideal para um jantar diferente, num espaço único e uma oportunidade para descobrir os próximos protagonistas do Jazz português.

Por sua vez, o Main Floor, entre os dias 7 e 30 de setembro, recebe uma exposição coletivados alunos do curso de fotogafia orientado por Hugo Lima. Ao todo, são 318 fotografias de 106 alunos que frequentaram a formação entre abril e julho deste ano. A exposição, que inaugura na sexta-feira, dia 7 de setembro, pelas 22:30, pode ser visitada até ao final do mês entre as 10:30 e a 00:00 no Main Floor, com entrada gratuita.
top